Posts

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Amigas fazem selfie em bar vazio e fantasma aparece na imagem.

Duas amigas foram tomar cerveja num bar e tomaram um susto antes de começar a beber. Pra marcar o momento, Victoria Greeves, de 22 anos, e Kayley Atkinson, de 23, fizeram uma inocente selfie. O bar, chamado Slug and Pun, em Newcastle, na Inglaterra, estava vazio. "Só tinha a gente e um ou dois casais", contaram. Quando foram ver a foto, quase caíram pra trás. Apareceu uma figura sinistra entre as duas. Dá a impressão de ser uma mulher vestida com roupas do século 19, ou o fantasma dela.

Fonte: Fatos Desconhecidos

O Melhor Psicólogo Escolar do Mundo

Quando eu tinha doze anos, cheguei à conclusão de que todos no mundo, incluindo a minha própria família, me odiava. Eu nunca fui uma criança problemática, mas meus pais sempre estavam me tratado como tal.

Por exemplo, eu precisava estar em casa antes das 17 horas todos os dias. Isso claramente restringida minha quantidade de "tempo para brincar" ao ar livre. Eu não tinha permissão para trazer amigos para brincar em casa, nem permitido a ir à casa de qualquer outro. Eu tinha que fazer a lição de casa logo depois que eu chegava da escola, não importa quanto tempo levasse. Meus pais se recusaram a me comprar qualquer vídeo game e obrigavam a ler livros e, em seguida, escrever um relatório do livro para provar que eu realmente tinha lido.

Agora, mesmo que essas regras listadas acima foram bastante frustrantes para mim quando criança, não foi a coisa que mais me chateou. O que realmente me machuca é a falta de compaixão em nome dos meus pais. Minha mãe era uma mulher amarga que sempre me fez sentir culpado de acidentes ou erros que cometi. Meu pai só demonstrava uma emoção: frustração. A única vez que ele falou comigo foi quando ele gritou comigo para receber os resultados dos testes escolares ou me bater por mau comportamento.

Mas já disse o suficiente sobre eles, vamos falar sobre o psicólogo da minha escola. Para sua própria privacidade, vamos chamá-lo de Dr.Tanner. Como a maioria das escolas secundárias dos Estados unidos, um psicólogo está sempre disponível no campus durante o horário escolar para ajudar todos os estudantes que necessitam de aconselhamento emocional, acadêmico, social, comportamental e etc.

Para ser honesto, eu nunca vi nenhum dos estudantes a falando com o Dr. Tanner. Todos os dias, eu passava por seu escritório no meu caminho ao refeitório a espreitar através de pequena janela de sua porta. Ele sempre estava sozinho ali, trabalhando em algum documento.

Mr Mix


Alguém se lembra um jogo de PC antigo da década de 1990 chamado "Mr. Mix?" É um jogo de digitação onde você tem que digitar as palavras em uma caixa para fazer com que o "chef" coloque os ingredientes em uma tigela.

Ao contrário da maioria dos jogos de digitação, este jogo é notório por ter uma dificuldade estranha. Chegando ao nível cinco, o jogo fica impossível de vencer.

Uma das principais coisas que as pessoas notaram sobre este jogo foi a música de fundo. A música no primeiro nível foi um barullho macabro de rosnados que aumentam progressivamente ao decorrer do nível, muitas vezes causando danos a alto-falantes dos computadores que não foram projetados para lidar com volumes extremamente altos de som.

O segundo nível não tinha música e o terceiro tinha o que parecia ser uma gravação extremamente de baixa qualidade de um secador de cabelo tocando no fundo. Os restantes dois níveis tinha um toque extremamente alto, agudo, durante todo o nível que causou danos graves a orelhas daqueles que conseguiram chegar tão longe.

Outro aspecto bastante preocupante do jogo foi o desenho do Mr. Mix. Ele era um grande homem de rosto redondo, com excesso de peso com grandes olhos redondos e manchas vermelhas em seu rosto.

A maioria das crianças que jogaram o jogo relataram ter pesadelos vívidos com Mr. Mix falando-lhes em voz calma e rouca ameaçando-os a ficar em silêncio por alguma coisa. No entanto, nenhuma deles conseguia se lembrar exatamente o que era.

Um psicólogo que viu muitas destas crianças relatou ter sido perturbado pela enorme quantidade de terror no rosto das crianças, quando contaram os detalhes do pesadelo.
Muitas das crianças desabaram em lágrimas durante o processo, pedindo para seus pais "salvar" eles. No entanto, nenhuma relação direta com o jogo em si poderia ser determinada por esses poucos casos, como nem todas as crianças sofreram os mesmos efeitos adversos.

Por razões óbvias, este jogo não vendeu muito bem. Ele permaneceu em relativa obscuridade até poucos anos atrás, quando hackers pegaram a ROM do jogo de PC e começaram a "cavar" ela.

Usando o software de memória hacking, eles conseguiram decifrar o código do jogo e ignorar o quinto nível impossível. O que eles descobriram, no entanto, foi extremamente perturbador e levou muitos deles a sair da expedição por completo.

Segundo os relatos desses hackers deixados para trás, o jogo se comporta muito estranhamente se o quinto nível é ignorado. O jogo trava e fecha violentamente, escrevendo um monte de arquivos para o diretório System32 do usuário a ponto que a RAM fique quase completamente cheia.

Esses arquivos são supostamente imagens de pessoas com rostos horrivelmente deformados, aparecem a gritar de dor e agonia com os olhos parecendo estar sangrando de seus dutos lacrimais e sua camada externa da pele rasgada em vários lugares.

Se o usuário tenta excluir esses arquivos, o computador irá falhar violentamente e tela azul aparecerá, causando danos irreparáveis permanentes para o disco rígido do usuário.

Os hackers descobriram que isso foi causado por um byte solitário na ROM do jogo que desencadeou quando o quinto nível foi concluído. Após a remoção este byte, foram capazes de ir para o sexto nível e último.
Infelizmente, todos os hackers originais se recusar a discutir o que viram no último nível. Todos eles se tornaram extremamente paranóicos, recusando-se a falar sobre qualquer coisa relacionada ao jogo e mostrando sintomas incrivelmente extremos de stress pós traumático.

A maioria deles deixou de ser capaz de formar frases coerentes dentro de uma semana e, dentro de um mês, todos eles desapareceram. Todas as cópias restantes do jogo foram destruídos.
Até hoje, ninguém sabe o que foi nesse jogo que lhes causou tanto dano psicológico. Talvez seja melhor assim.

Dois anos depois deste incidente, um homem foi preso depois de tentar seqüestrar uma menina de oito anos em um supermercado. Através do DNA e análise de impressões digitais, o homem foi identificado como um dos hackers originais que viram o nível final do jogo.
Ele estava usando um chapéu de "chef" branco e tinha um olhar de malícia indizível e insano em seu rosto. Quando interrogado, o homem só disse uma coisa:

"Eu sou o Mr. Mix. Shhh".

O video abaixo mostra os áudios de cada level do jogo.

domingo, 26 de outubro de 2014

Annora Petrova

Para: Breeiceq@--------- .com

Assunto: POR FAVOR BREE LEIA ISSO, NÃO APAGUE!

Eu sei que você me odeia, mas nós já fomos melhores amigas uma vez e preciso que você leia isso. Acho que estou com sérios problemas e não há nada que você possa fazer, mas eu preciso que você leia isso para você entender. Eu sei que nós não conversamos desde as eliminatórias. Isso vai durar para sempre, mas o que aconteceu não foi culpa minha. Pelo menos não inteiramente minha. Eu sei que todo mundo acha que foi, mas eu nunca faria nada para te machucar. Sei que tudo isso vai parecer loucura, mas eu preciso te dizer isso para que pelo menos alguém saiba o que realmente aconteceu.

Tudo começou quando estávamos na 8ª série, na noite antes da competição Cristal Classic. Eu estava em casa e não conseguia dormir porque estava muito nervosa quanto aos concorrentes. Bem, eu havia ganhado um computador novo e tentava navegar na internet, mas depois de conectar, eu não conseguia me concentrar em nada, eu só fiquei sentada lá, então eu resolvi fazer umas pesquisa aleatórias. Eu nunca deveria ter feito isso Bree. No começo eu encontrei apenas todas aquelas coisas habituais que você encontra quando googleia a si mesmo; mas então eu encontrei um link para uma página da Wikipedia sobre mim. Eu primeiramente pensei que foi o meu pai que fez isso. Não havia muita coisa lá, apenas alguns fatos básicos sobre patinação, a cidade em que eu morava, mas a única coisa que realmente me pegou foi que lá dizia que eu havia ganhado o Cristal Classic daquele ano.

Eu ri. Tinha certeza de que alguém só havia feito aquilo para me encorajar. Até confrontei o meu pai sobre isso, mas ele negou. Quando eu ganhei o concurso no dia seguinte, eu fiquei tão feliz. Aquela foi a primeira competição que eu havia ganhado e me sentia tão bem. Lembro como eu passei a me esforçar mais depois disso. Foi quando meus pais contrataram Sergei para me treinar. Você deve imaginar o quanto isso deve ter custado. Depois disso eu passei a sempre verificar a minha página antes de cada competição e ela sempre dizia em qual posição eu ficaria. Ela disse que eu iria ganhar os regionais, e tudo se cumpriu. Depois disso Sergei convenceu a minha mãe e o meu pai que eu tinha realmente uma chance nos Jogos Olímpicos. Foi quando eles me tiraram da escola.

Eu patinava todos os dias mas não estava progredindo da maneira que Sergei disse que precisava se eu quisesse ganhar o campeonato. Eu me esforcei tanto e estava tão patinando bem mas ainda assim Sergei disse que eu não era boa o suficiente. E então as eliminatórias chegaram. Eu só conseguia pensar em ganhar e então fiz algo que não deveria ter feito. Todo mundo estava dizendo que você era a favorita e eu me sentia como se já tivesse perdido a competição, então fiz uma conta na Wikipedia e tentei editar a página colocando que eu venci. O estranho é que quando eu tentava atualizar a página, tudo o que dizia era: "Annora Petrova é uma vadia egoísta que vai ter o que merece".

Eu fiquei devastada. Foi por isso que eu parecia tão triste no dia seguinte. Eu estava em uma espécie de transe naquele dia. Eu me lembro de ter visto a sua apresentação e ver sua lâmina se desprender, e a última coisa que eu lembro é de estar no chão e meu rosto estar coberto de sangue. Então eles disseram que era minha culpa, porque eu estava com os seus patins mais cedo. Bree, eu sinceramente não fiz nada com os seus patins; eu, eu queria ganhar, mas eu não faria nada para te machucar. Quando eles me disseram que eu estava banida da competição e de outras futuras, todo mundo disse que eu tive o que merecia. Ninguém sequer quis ouvir o meu lado da história.

Eu acho que você ouviu dizer que Sergei me abandonou depois disso. Ele disse que eu estraguei tudo. Ninguém mais falava comigo. Você sabe o que é ser ignorada por todos? E, em seguida, a página ficou pior. Sempre que eu verificava, ela sempre dizia coisas horríveis sobre mim. Eu não posso nem mesmo citar a metade delas, a linguagem era tão chula e vil. Eu chorava toda vez que eu a lia, mas eu não conseguia parar de ler. Eu sabia que tinha que fazer alguma coisa, então fiz uma denúncia para a Wikipedia, mas eles afirmaram não saber de nada sobre página alguma. Eu estava sozinha em casa naquela sexta-feira à noite e eu decidi dar uma olhada para ver se já havia sido deletava. Ela ainda estava lá, só que desta vez ela dizia: "Annora Petrova é uma orfãzinha patética." Eu entrei em pânico. Eu tentei ligar para os meus pais, mas cada vez que eu chamava, tudo o que eu ouvia era uma risada cruel do outro lado. Devo ter ligado uma centena de vezes, até que por fim, a risada se foi.

Após o acidente, pedi para a polícia checar os telefones, mas não havia qualquer registro das minhas chamadas naquela noite. Eu estava devastada. Naquela época eu fiquei ocupada com treinos e tarefas para casa e nunca percebi o quão sozinho eu estava. Eu sei que você tentou se reaproximar, mas eu estava tão deprimida e com raiva que estraguei qualquer chance de voltarmos a sermos amigas novamente. Depois que fiz 18 anos e recebi uma certa quantia em dinheiro da pensão, eu vim para a Suíça. Eu resolvi seguir em frente. Minha patinação começou a decolar. E não tinha passado um ano e tudo aquilo que aconteceu parecia estar no passado. É por isso que eu não deveria ter feito isso, Bree. Estou escrevendo agora de um antigo hotel de Praga. Estou fazendo testes para o Ice Circus amanhã. Eu sei que esse é o tipo de coisa do qual normalmente tiraríamos sarro, mas eu realmente quero isso. Eu estava me sentindo tão nervosa que recorri à um velho hábito: acessei a minha página na Wikipedia. É difícil dizer isso, mas quando eu chequei a página para ver se tudo daria certo amanhã, tudo o que dizia era: "Annora Petrova morreu sozinha e sem amigos" e tinha a data de hoje listada como a data da minha morte. Eu estou chorando tanto que eu mal consigo terminar de escrever isso. Eu só queria que você soubesse a verdade. Por favor, acredite em mim Bree. Anexei um print da página para que você acredite em mim, está tudo lá, assim como eu te disse. Eu não sei o que fazer. Eu não conheço ninguém aqui e ninguém fala Inglês. Ainda estou atualizando a página.

Meus Deus, eu continuo atualizando, mas nada mudou, e eu estou esperando até chegar a meia-noite. Eu não sei o que fazer e então me tranquei no meu quarto. Falta apenas alguns minutos para a meia-noite. Tudo que posso fazer é continuar atualizando a página. Estou exausta, mas não consigo e nem devo parar. Eu tenho medo de deixar o computador antes de descobrir o que vai acontecer.




sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Coisas Assustadoras

BENGALA ASSOMBRADA


Você pagaria 65 mil dólares por uma bengala de metavelha? Especialmente uma assombrada? Essa foi colocada no eBay por Mary Anderson, uma mulher indiana, que esperava que a venda iria aliviar os medos de seu filho de 6 anos de idade, que acreditava que o fantasma de seu avô percorria pela casa. A bengala alcançou 132 lances no eBay e só foi aceito no site de licitação online, que normalmente rejeita “itens intangíveis, como espíritos”, porque a senhorita Anderson deixou claro que estava apenas vendendo a bengala para que seu filho não pirasse mais.

No entanto, ela também pediu o licitante vencedor para escrever uma carta para o filho dizendo-lhe que a bengala e o fantasma estavam fazendo muito bem. O ‘”fantasma da bengala” tinha uma nova casa, no cassino Golden Palace em Antigua.

O ANEL ASSASSINO


Rudolph Valentino (1895-1926) foi considerado um dos maiores astros do cinema mudo de Hollywood. Valentino morreu de úlcera perfurada, com apenas 31 anos. Alguns culpam a sua morte precoce em um anel que ele comprou de um joalheiro em 1920. O anel tinha uma jóia chamada olho de tigre. A lenda diz que Valentino mostrou o anel a um amigo próximo logo depois que comprou, e seu amigo disse que teve uma visão de Valentino morto e pálido.

Independentemente do que seu amigo viu ou deixou de ver, as próximas grandes apresentações de Valentino foram fracassos em bilheteria e ele morreu em torno de 6 anos. Mas Valentino não era única vítima do anel: sua amante Pola Negri ficou gravemente doente depois de usar o anel, tanto que sua carreira tinha de ser colocada em segundo plano por anos e nunca se recuperou totalmente.

Russ Colombo, o ator contratado para fazer o papel de Valentino no filme biográfico de sua vida, usava o anel e foi morto em um acidente por um tiro alguns dias depois.

O gangster Joe Casino comprou o anel e se recusou a usá-lo até que a maldição estivesse desaparecido. Depois de vários anos ele finalmente colocou o anel e foi morto dentro de uma semana devido a um acidente de carro.

A lista continua… Mas desde a década de 1960 o paradeiro do anel permanece desconhecido. Talvez esteja em seu dedo, não?

BELICHES POSSUÍDAS


O caso das camas de beliche assombradas era tão famoso que a história apareceu em um programa de TV de mistérios não resolvidos. Em fevereiro de 1987, em Horicon, Wisconsin, Alan e Debby Tallman levaram para casa um beliche de uma loja perto de casa e colocaram-no no porão. Em maio naquele mesmo ano, o casal mudou o beliche para o quarto e foram nove meses de uma vida de inferno que se seguiu e não apenas problemas nas costas de sono mal dormido.

Desde a primeira noite dos beliches em seu novo quarto, coisas assustadoras começaram a acontecer.

Primeiro de tudo, as crianças da casa ficaram doentes, em seguida, um rádio pularia de estação para estação sem ninguém tocá-lo e para piorar, os dois primeiros filhos que dormiram no beliche disseram ter visto uma bruxa. Os Tallmans chamaram um pastor e as coisas esfriaram por um tempo. Mas quando Alan Tallman voltou para casa algumas semanas depois do Natal de 1988, ele ouviu uma voz dizendo-lhe para “vir até aqui”. Ele seguiu para a garagem, onde ele testemunhou um fogo ardente. Apressando-se para pegar um extintor, Alan voltou à cena só para ver que o fogo havia desaparecido. Algumas circunstâncias mais assustadores depois disso e os Tallmans tinham visto o suficiente, então resolveram queimar o beliche. E só assim, a atividade paranormal parou.

Fonte; MiniLua

Pegadinha do Palhaço assassino 3!

Ele está de volta, e dessa vez com amigo haha

domingo, 17 de agosto de 2014

O Incêndio em Collinwood

Esta é a última foto conhecida de dentro da Escola Elementar Collinwood de Lake View, em Ohio, antes de ser consumida pelo fogo em 04 de março de 1908, matando 172 alunos, dois professores e um socorrista. O fogo começou quando uma viga do teto se inflamou por uma tubulação de vapor próximo. As chamas bloquearam as rotas de fuga, levando ao pânico e debandada que aprisionou um grande número de vítimas na escadaria, onde foram cozidos vivos. Também foram registradas mortes de estudantes que saltaram em chamas de janelas dos segundo e terceiro andares. Todos nesta foto morreram, exceto o Sr. Olson, que pode ser visto sentado à direita na fileira de trás.

Os espectros presentes na foto permanecem inexplicados.


Fonte Lua Pálida